02/06/2017 às 11h22

Projeto brasileiro de gestão de risco de desastres naturais recebe prêmio internacional

A premiação reconhece projetos que contribuam substancialmente para salvar vidas e reduzir a mortalidade por desastres.

Foto: Divulgação/Cemaden

O Brasil recebeu o Certificado de Distinção do Prêmio Sasakawa pelo Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Gides), desenvolvido pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em cooperação técnico-científica com o governo japonês. Estabelecida em 2013, a iniciativa dá suporte à formulação de políticas e ao aperfeiçoamento do gerenciamento dos riscos de desastres naturais. A premiação ocorreu na última quinta-feira (25), em Cancun (México).

“Essa premiação representa o sucesso de um empreendimento entre o governo federal e a Agência de Cooperação Internacional do Japão [Jica, na sigla em inglês], nos trabalhos para aprimorar o monitoramento e a gestão de risco de desastres naturais no Brasil, principalmente nas regiões onde há histórico de mortes e danos impactados pelas enxurradas e deslizamentos de terra”, afirmou o coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento do Cemaden, José Marengo.

Na temática sobre monitoramento e alerta de deslizamentos de massa em morros e encostas, os pesquisadores e tecnologistas do Cemaden desenvolvem, desde 2013, pesquisas científicas e em campo. Além disso, ocorrem intercâmbios entre Brasil e Japão para aprimorar o desenvolvimento de sistemas de alerta antecipado de risco e planos de contingência junto às Defesas Civis dos municípios-piloto de Petrópolis e Nova Friburgo (RJ) e Blumenau (SC).

O trabalho resultou no desenvolvimento de novos protocolos operacionais e de sistemas para a emissão e transmissão de alertas, que passaram a ser aplicados no início deste ano, de forma experimental. A finalidade é implantar essas novas ações nos 958 municípios monitorados pela entidade vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) a partir de 2018.

“O Projeto Gides já é um marco para a redução de riscos de desastres naturais no país. O prêmio é um grande incentivo para que estes avanços sejam estendidos aos demais municípios monitorados”, destaca o geólogo e pesquisador da área de Geodinâmica do Cemaden, Ângelo Consoni.

O Prêmio Sasakawa é concedido bianualmente pelo Escritório da ONU para a Redução do Risco de Desastres (UNISDR) e pela Fundação Nippon, do Japão. A premiação reconhece projetos que contribuam substancialmente para salvar vidas e reduzir a mortalidade por desastres.
Fonte: MCTIC

  • Escolha o que ler por assunto

Image is not available
previous arrow
next arrow
Slider