29/05/2017 às 11h00

Anprotec e Sebrae assinam convênio e ampliam parceria

Com o objetivo de promover a geração e o desenvolvimento de empreendimentos inovadores de sucesso, por meio da consolidação de uma rede nacional de ambientes de inovação, ampliando o foco de atuação também para incubadoras, aceleradoras e coworking, a Anprotec e o Sebrae assinaram nesta quinta-feira (25/05) um convênio da ordem de R$ 13 milhões, com duração de três anos.

“Esse convênio é realmente estratégico para a Anprotec. O Sebrae é nosso grande parceiro nas ações em prol do empreendedorismo inovador no Brasil e essa assinatura renova nossa parceria e amplia de uma forma bastante significativa”, explica o presidente da Anprotec, Jorge Audy.

O objetivo central do convênio será alcançado por meio da consolidação de uma rede nacional de ambientes de inovação, explica Audy. “Nesse novo ciclo, um ponto muito importante é incluir os mecanismos de geração de empreendimentos inovadores no conceito de ecossistemas. Vamos atuar cada vez mais na ampliação da base de mecanismos de geração de startups e, ao mesmo tempo, trazer uma nova visão na cooperação entre as grandes empresas, nacionais e internacionais, com as startups, mediadas pelos nossos ambientes de inovação. Neste contexto, esse convênio vai nos permitir um espaço de atuação conjunta entre Sebrae e Anprotec, nos próximos três anos, bastante profícuo e voltado para o desenvolvimento econômico e social e melhoria da qualidade de vida da nossa população”, acrescenta.

Para a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes, a parceria proporciona a união de interesses entre pequenas empresas inovadoras e grandes empresas em prol do desenvolvimento de projetos de base tecnológica em todo o Brasil.

“Além da relevância do convênio para as entidades, ele é importante para o ecossistema como um todo. Principalmente neste momento em que a Anprotec se renova e amplia sua base trazendo entre seus associados também as aceleradoras. Então, é uma soma importante e o ecossistema tem muito a ganhar”, afirma Heloisa.

Segundo o vice-presidente da Anprotec, José Aranha, reafirmar a parceria entre a Anprotec e o Sebrae é essencial para o movimento de empreendedorismo inovador brasileiro. “Abrir o universo para os novos mecanismos e espaços fará com que a Anprotec consiga estender mais a sua atuação no Brasil e entre em setores novos muito importantes como a ligação das empresas inovadoras com as grandes empresas; a atuação das Micro e Pequenas Empresas (MPE) na solução dos problemas das cidades; e a consolidação das MPE por meio de capital de risco”, explica Aranha.

A parceria e os termos do convênio foram desenvolvidos pelas equipes técnicas das suas entidades. Na Anprotec, liderada pela Superintendente Executiva, Sheila Oliveira Pires, e no Sebrae, pelo gerente de Acesso à Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade, Célio Cabral.

MOMENTO ECONÔMICO

A parceria histórica entre Anprotec e Sebrae impulsiona o sistema de inovação brasileiro que, na visão da Anprotec, é a uma alternativa para superar a crise que vivemos no nosso país. “Investir em inovação e estimular uma cultura empreendedora é a saída para a crise que vivemos e a porta pela qual vamos encontrar novos caminhos para a sociedade brasileira, criando condições de encontrarmos nosso lugar na Sociedade do Conhecimento”, afirma Audy. “E, mais do que isso, é impulsionados pelos empreendedorismo inovador e os modernos ecossistemas de inovação que vamos trazer a nossa economia e a nossa sociedade para o século XXI, investindo em pessoas talentosas, com novas ideias e capital. Atuando em redes e cooperando intensamente”, acrescenta.

Segundo o Diretor Administrativo Financeiro da Anprotec, Tony Chierighini, “nesse momento difícil que o Brasil está passando esse convênio vai fortalecer os nossos mecanismos e ambientes de inovação, com isso, tanto a Anprotec quanto o Sebrae, irão protagonizar o fortalecimento da inovação, que pode mudar o nosso país. Esse é o grande momento da Anprotec ajudar os seus associados a crescerem cada vez mais”, afirma.

O convênio prevê um amplo trabalho nos ecossistemas de inovação regionais, observatório da inovação, além de uma conexão com o Programa InovAtiva Brasil, plataforma de aceleração de startups do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) em parceria com o Sebrae. Para auxiliar todo o processo, serão realizadas capacitações, produção de estudos e publicações.

A Anprotec reúne cerca de 400 associados, entre ecossistemas de inovação, como parques tecnológicos e distritos de inovação, e mecanismos de geração de empreendimentos, como incubadoras, aceleradoras e coworkings, vinculados a instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e outras entidades, públicas, comunitárias e privadas ligadas ao empreendedorismo e à inovação, que serão diretamente beneficiados pelas ações decorrentes deste convênio.

O CONVÊNIO

O convênio está alicerçado em três pilares de atuação e cada um deles se estrutura em eixos principais de atuação. São eles:

Empreendimentos inovadores: inovação corporativa em rede; empresas de impacto social; empresas com potencial de alto impacto; e expansão internacional de empresas inovadoras.

Ecossistemas de inovação: ecossistemas de inovação regionais; observatório da inovação; e conexão com o programa InovAtiva Brasil.

Conhecimento: conferência Anprotec; Capacitação/ UniAnprotec; Estudos e publicações; Missões Técnicas nacionais e internacionais.

Fonte: Anprotec

  • Escolha o que ler por assunto

Image is not available
Arrow
Arrow